Ontem, quando me sentei à volta da fogueira, fui contemplada com, não um, mas dois blogprémios de uma assentada, mais duas tatuagens que guardarei com carinho aqui neste meu canto...

Como as regras foram feitas exactamente para serem quebradas... Deveria passar a 10 blogues e como é sabido não o vou fazer... mas vou sim, passar a alguns que me tocam especialmente, por um ou outro motivo. Alguns já foram presenteados pelo lampejo e por isso não os coloco aqui...

And the Oscar goes to:

Toque d'Alma

Aroma de Amora

Essências

Letras e Sensações

Mukandas do Nelsinho

PANOCRU

Pinguim

The Maze ou a Anatomia de um Ser

As regra são as seguintes, e são livres de não as cumprir, se não quiserem, se não tiverem o hábito, se não gostarem desta onda de prémios blogueiros, enfim... simplesmente são livres :)

1.Reencaminhar este prémio a 10 blogues
2.Exibir a imagem do prémio
3.Postar o link do blog que premiou
4.Avisar os premiados 
5.Publicar as regras

[2009/04/30]
Posted by Picasa

08:15


Foi há precisamente 10 anos. E digo precisamente porque estavamos na altura das Bençãos de Finalistas, e elas são por esta altura mesmo.

No meio da Cidade Universitária e por entre uma multidão vestida de preto com capas negras e fitas de todas as cores... podia ser algo muito bonito, não me sentisse eu tão mal. Mas quem é que se lembra de ter varicela aos 24 anos de idade? Vejo-me, trajada a rigor, sentada na relva com aquela sensação de quando a tensão baixa... ainda por cima sob um Sol quente...

Dez anos depois, o filhote aparece com umas sarapintas no peitinho... aí está ele ... o varicela zoster...

Agora, resta-nos a paciência, o cuidado e a esperança de que passe ligeiro... Aguenta filhote, e nada de coçar!

[2009/04/29]
Posted by Picasa


Percorro pensativamente as Avenidas do meu EU...  "Fecho a porta devagar, olho só mais uma vez, como é tão bonita esta avenida..."

E finalmente cheguei à conclusão de que, o problema é de base, de estrutura.
Aproveitando o ano de eleições autárquicas, e verificando que as cidades, pelo menos a que habito, já está a ser embelezada com novas "pinturas" e sinais verticais, pensei:

Eureka! É isso mesmo.

Nas Avenidas do meu EU o que me falta é a sinalização. É a falta de sinalização que causa os constrangimentos, as confusões e o desordenamento do meu pensamento.
Tal é a amálgama de tráfego que trago dentro de mim, com mil e um pensamentos por segundo, tentando processar todas as informações, estar atenta a tudo, agir da melhor forma, procurar cometer o menos erros possíveis, gerir as minhas emoções, ser superior nas minhas acções, etc, etc, etc... que sem sinalização, vai ser complicado.

Claro que existem as normas básicas, como por exemplo, a lei das prioridades... portanto, há falta de sinalização vertical ou outra, tem prioridade quem se apresenta pela direita...
Bom... o melhor mesmo será optar pela nova moda das rotundas, também nas avenidas do meu EU... Portanto, baralha e dá no mesmo... que é como quem diz, sinto-me como "Um americano em Paris"...

Talvez limite a velocidade do pensamento, talvez coloque um ou outro STOP em determinada avenida... mas por outro lado... "Life is a highway, and I wanna ride it, all night long..."

O melhor mesmo é voltar a escrever apenas quando me decidir ... mas quantos com "EUs" assim andarão por aí??...

[2009/04/28]

Posted by Picasa

22:30


(...)tenho um sorriso fechado na palma da minha mão, sorriso que foi achado, perdido no meio do chão(...)

(...) Hoje guardo o teu sorriso fechado na minha mão, a contrastar com o siso que trago no coração (...)

Trovante84

[2009/04/26]
Posted by Picasa

11:05

Já teci os meus "considerandos" sobre o 25 de Abril aqui, porém quero sublinhar que é, de facto, um marco importante e fundamental na nossa história... pena que não soubemos vivê-lo na sua plenitude...




[2009/04/25]

09:56

Bom, e para desanuviar, e porque vem aí o fim de semana, deixo uma música que é muito boa onda. Apetece começar logo a abanar o capacete.

Esta é mais uma daquelas que no carro é uma maravilha...

E toca aí a levantar o astral... 




ahhhahhh

vemos coisas que não vemos
consumimos demais, o que é que tem?
preocupamo-nos com outros
e esses outros somos nós também
queremos sempre o que não temos
espiritualidade gasta em vão
não podemos ser pequenos (iehhh)
nascemos todos da mesma razão

refrão

(toda a gente, toda a gente yoh)

vamos é curtir
esta vida boa é feita é para sentir (para sentir yoh)
hoje vou tirar o dia para tar na paz
vou onde o sol brilha
tava a ver que nunca mais

vamos é brindar
esta noite é nossa só temos é que festejar
pôr de lado tudo aquilo que nos faz mal 
e amanhã será igual

(iehh iehh iehh) 8x

idealizamos o que vemos
o que realmente somos, eu não sei
devemos todos falar menos (ah)
comunicamos sem sabermos bem
sentimento vem de tempo 
não há hora certa não
e o momento mais intenso
é quando tu me dás a mão
vou embora fazer historia
porque eu tambem brilho
sem demora é agora
vou levar-te comigo

refrão 

vamos é curtir
esta vida boa é feita é para sentir (para sentir yoh)
hoje vou tirar o dia para tar na paz
vou onde o sol brilha
tava a ver que nunca mais

vamos é brindar
esta noite é nossa só temos que festejar
pôr de lado tudo aquilo que nos faz mal 
e amanhã será igual

(quando o sol brilha ieh ieh ieh) 3x
(quando tudo nasce ieh ieh ieh)
(quando o sol brilha ieh ieh ieh) 3x
(quando tudo nasce ieh ieh ieh)

meu caro ouvinte 
venho por este meio comunicar
não vale apena se irritar
a vida é umas férias que a morte nos dá
hoje tamos aqui amanhã sabemos lá
chega de stress
chega de ouvir o patrão
vamos é xilar
hoje é noite de verão
com este calor abrasador
ninguem nos para
não fiques com essa cara
aqui e agora tudo é bom
por favor dj aumenta mais um pouco esse som

(ah sei ei ei ja sabes como é que é)
(ah sei ei ei muda o rumo da maré)
(ah sei ei ei vem para aqui para sermos bues)
(ah sei ei ei manda vir mais um café)

yo manda vir yo manda manda vir aoh) 4x

refrão 

vamos é curtir
esta vida boa é feita e para sentir (para sentir yoh)
hoje vou tirar o dia para tar na paz
vou onde o sol brilha
tava a ver que nunca mais

vamos é brindar
esta noite é nossa só temos que festejar
por de lado tudo aquilo que nos faz mal 
e amanhã será igual
[2009/04/24]



Em jeito de desabafo...

Todos nós, e eu própria não sou excepção, nos queixamos vezes sem conta dos tempos de espera nos serviços Públicos.
Eu própria trabalho no Atendimento ao público de um determinado Instituto Público - muito concorrido por sinal.
Um dia não são dias, não estamos todos os dias nos nossos melhores dias, mas aquilo que sei é que não é fácil. Não que o meu trabalho seja melhor ou pior que tantos outros, mas não é mesmo fácil.

Podíamos culpar a falta de pessoal, o ambiente que se "respira", a crise até... mas acho mesmo que nenhum destes factores é responsável pela estupidez. Atendo todos os dias pessoas de todas as faixas etárias, todas as classes sociais, com todo o tipo de problemas e assuntos para serem esclarecidos e resolvidos - e é isso que tentamos fazer com os poucos recursos que temos. Sim, por vezes exaltamo-nos, perdemos a paciência e isso não devia acontecer, mas não somos máquinas - isso leva às reclamações de Livro Amarelo, se bem que estas não precisam que nada disso aconteça, basta que lhes apeteça... Como é possível aceitar uma reclamação pelo facto de não ser atendida quando "só" passavam 4 números da sua senha. Ora se o limite são 3 senhas de tolerância, o que fundamenta uma reclamação destas??

Tudo bem, concordo que as pessoas possam manifestar o seu desagrado. Mas a quem manifesto eu o meu desagrado pelas constantes faltas de educação a que sou sujeita, a falta de respeito por quem está ali a trabalhar no meio de um barulho quase sempre insuportável, durante 6 horas seguidas, com meia hora de pausa, constantemente ouvindo criticas, para ser branda no termo. Já me quiseram agredir, e podiam muito bem tê-lo feito, já nos cuspiram para cima, já nos chamaram de tudo...

Por isso acho que devia haver o Livro Vermelho - para nós, as que atendemos e tentamos ajudar a resolver os problemas de quem precisa, manifestarmos as nossa profunda revolta pelo que ouvimos. Porque na maioria das vezes e no desespero, as pessoas não ficam satisfeitas com aquilo que temos para dizer, simplesmente porque não era aquilo que queriam ouvir, mas sim o que se passa na realidade...

Enfim... claro que não é agradável esperar para ser atendido, não é agradável ouvir o que não queríamos ... mas vamos fazer mais como???

[2009/04/23]
Posted by Picasa

13:21


O Ser...

Esta amálgama de sentires, de viveres
Que ocupam o espaço do nosso corpo
E que juntamente com a nossa Racionalidade
Formam a nossa imagem pouco a pouco...

O Ser...

Sofrendo as influências de cada dia
De cada pessoa que passa por nós
Unindo de mãos dadas as diferenças
Nunca permitindo estarmos sós...

AMIGO:

Marcas [te] bem fundo o meu Ser
Olho-te com amor e com carinho
Podias ter passado ao lado
Mas foste ao meu encontro no caminho...

Porque os teus cuidados são verdadeiros
Não apenas de circunstância
Ganhaste a minha admiração e gratidão
Entre nós não há distância...

OBRIGADA!

Escrito nos tempos do Varão, dedicado ao Amigo JA, hoje, dedicado a TODOS/AS os verdadeiros Amigos(as)...

[2009/04/22]
Posted by Picasa

12:24

Parque das Nações por Fernando Lusbelo

O cansaço de todas as ilusões e de tudo que há nas ilusões - a perda delas, a inutilidade de as ter, o antecansaço de ter que as ter para perdê-las, a mágoa de as ter tido, a vergonha intelectual de as ter tido sabendo que teriam tal fim.A consciência da inconsciência da vida é o mais antigo imposto à inteligência. Há inteligências inconscientes - brilhos do espírito, correntes do entendimento, mistérios e filosofias - que têm o mesmo automatismo que os reflexos corpóreos, que a gestão que o fígado e os rins fazem de suas secreções.

Bernardo Soares

[2009/04/21]
Posted by Picasa

08:52


Eu tenho destas coisas. 
"Estou" no lounge de um hotel que é ao mesmo tempo um piano bar.
Há quem prefira a discoteca lá em baixo, mas eu não, apesar de também gostar de ir à discoteca - preciso de momentos assim, de um piano, uma excelente voz e a possibilidade de conversar, uma boa conversa ao som de uma boa música...
E porque é Domingo...



[2009/04/19]


16:47

The other face @olhares.com por ®gonçalves

Não me queiras, ou gostes, ou procures
Não me tentes, não me toques, não me escutes,
Não me abraces, aconselhes ou acarinhes
Não me tenhas no teu coração, não me adivinhes.

Vira costas, não olhes para trás.
Acredita que o passado está lá atrás...

Não te tendo, e não te sabendo, não tenho de te perder
Mesmo que te amando, eu acabe por me esquecer...
Perdoa se não soube não sofrer,
mas prometo...
... vai voltar a acontecer...

[2009/04/16]
Posted by Picasa

16:19


Corro numa busca incessante do meu passado
Um passado que irá eventualmente acontecer
Porque passou o futuro aqui mesmo ao meu lado
E me disse ao ouvido para eu não te perder
Corro sem rumo, sem destino ... direita a ti,
Busco lá atrás uma luz, um sinal
Alcanco-te no infinito da tua imagem
Passaste por mim, onde foste afinal?
Quedo-me sem forças nas minhas memórias
Luto, esperneio, grito a minha dôr
Até onde alcança o meu grito silencioso
oiço a tua voz, experimento o teu amor ...

[2006]

O tempo cinzento traz-me melancolia e "desinspiração"... recorro então ao baú, das memórias e dos escritos...

[2009/04/14]
Posted by Picasa

13:51

Uvas - 2 @olhares.com por Frederico Sá Pinto

Algo que aprendi este fim de semana no Norte.
Muito refrescante e simples de fazer.

Uvas com limão

Retiramos os bagos das uvas para uma taça e regamos com sumo de limão com açúcar e ainda as raspas do limão.
Mistura-se e leva-se ao frigorífico. Preferencialmente, preparar de um dia para o outro - mas é sempre bom. 
Para enfeitar poderemos colocar uma rodelinha de limão na taça...

Experimentem e não se vão arrepender!! A "receita" é da mesma pessoa que me ensinou a fazer o estrume de vaca!!

[2009/04/13]
Posted by Picasa

22:16

Delicioso! @olhares.com porchris

Ainda a tempo de vos oferecer uma fatia de bolo de aniversário.

[2009/04/12]
Posted by Picasa

22:58


For those who may think that I am a fool
And those who know that I am not
I take a deep breath and say with all my heart
not even I know what I am or what I’ve got.
And when the day of the truth comes
I can assure with my raised head
That I've lived my life to the limit
I've lived my life as I really am ...

I don't pretend to be understood
I'm not saying that you must like me
I am what I am whatever that is
And for those to whom I am not, I’ll be ...

I will keep being me, whatever that may be!

[2007]

[2009/04/09]

Posted by Picasa

10:15

Quem nunca se questinou do sentido, ou melhor, da falta de sentido, de ser o coelhinho, fofinho é certo, o símbolo da Páscoa. Mais, os coelhinhos da Páscoa não são uns coelhinhos quaisquer - Não! São coelhinhos que distribuem pelas crianças os ovinhos de chocolate!
O quê?? Então mas será que os coelhinho pôem ovos e eu andei este tempo todo enganada??
Bom, daquilo que me foi dado a perceber, a associação do coelhinho à Páscoa advém do facto deste ser símbolo de fertilidade, e como a Páscoa cristã significa a ressurreição de Cristo, um renascimento - daí a "ligação"

Bom, interessante será também verificar que muitos, e principalmente as crianças, não saberão o que realmente significa a Páscoa, para além do facto de se encherem de guloseimas e não irem à Escola. É inequívoca a falta de capacidade da Igreja para chamar a si as gentes.

Nesta Páscoa eu estarei num sítio, onde tradicionalmente, a Páscoa é uma época muito especial e todas as tradições enraízadas e vividas - Braga - onde na minha infância, na casa da minha tia, recordo junto com o meu primo, de corrermos para o Quartel dos Bombeiros para beijar a cruz, e depois de volta a casa para voltar a beijar a cruz - o que as crianças fazem!!
Recordo também que no Domingo de Ramos, entregávamos um raminho aos padrinhos e recebíamos de retorno as amêndoas - ou as bombokas (risos) - outros tempos!!

Bom, resta-me desejar a TODOS/AS quantos por aqui vão passando e engrandecendo este espaço com a sua presença, uma PÁSCOA FELIZ!

[2009/04/08]
Posted by Picasa


... pensamos que "I should have known better"?? Nas mais diversas situações, pelo menos assim é comigo. Nem se trata de uma questão de arrependimento, apenas assim é...

Uma ameaça de gripe não me permite concentração ou sequer energia para um post diferente. As energias guardo-as para enfrentar a batalha da tarde...

Assim, e porque hoje ao acordar, parece que acordei a cantar esta música que tão bem lembro da minha pré-adolescência e adolescência... partilho-a convosco. Na altura, esteve bastante tempo nos Top's, e era já intitulada em jeito de gracejo, de música dos coitadinhos pelo seu: ai ai ai ai ai ai ai ai ai ai... (risos)





And I should have known better to lie to one as beautiful as you 
Yeah, I should have known better to take a chance on ever losing you. 
But I thought you'd understand, can you forgive me? 

I saw you walking by the other day. 
I know that you saw me, you turned away and I was lost. 
You see: I've never loved no one as much as you. 
I've fooled around but tell me now just who is hurting who? 
And I should have known better to lie to one as beautiful as you. ... 

I-I-I-I-I-I-I-I-I-I 
should have known better, 
I-I-I-I-I-I-I-I-I-I 
should have known better. 

It's true, I took our love for granted all along. 
And trying to explain where I went wrong, I just don't know. 
I cry but tears don't seem to help me carry on. 
Now there is no chance you'll come back home, got too much pride. 
And I should have known better to lie to one as beautiful as you. ... 

I-I-I-I-I-I-I-I-I-I love you, 
I-I-I-I-I-I-I-I-I-I-I love you. 
No-no-no-no-no-no I love you! 
No-no-no-no-no-no, yeah! 
And I should have known better to lie to one as beautiful as yo
u


[2009/04/07]

Impressão Digital @olhares.com por Luanabr

Única, pessoal e intransmissível.

Marca de nós...

Há coisas pelas quais seremos para sempre lembrados por quem nos conhece.
E quando digo quem nos conhece não me refiro a conhecer fisicamente, mas quem nos sabe ler dentro, naquilo que somos verdadeiramente, no nosso âmago, na nossa alma...

Pode nunca nos ter olhado nos olhos, pode não saber se somos altos, baixos, gordos ou magros... mas sabe-nos pelo que transmitimos nas nossas palavras, dos nossos sentires, emoções, verdades, amarguras, tristezas...

Mas saberá certamente reconhecer a nossa "impressão digital" por onde a encontrar "tatuada"

Quantas vezes gostamos tanto de alguém só assim, por ser quem é, por ser quem escreve, por ser quem existe!!

Acredito! 

[2009/04/05]
Posted by Picasa

video


O Tomás partilha comigo um gosto muito particular pela música. Tal como eu, qualquer tipo de música desde que de qualidade.
Para ele não existe só a música infantil, pelo contrário. Juntos, no carro, entoamos a alta voz os CD's que gravo e, em português ou "inglês" acompanhamos os artistas animadamente.
Seja, a "Chuva" da Mariza aqui exemplificada, ou o "nine million bicycles" da Katie Melua, ou ainda o "Brilho" dos Expensive Soul... é preciso é cantar!! Ahhh... e o que ele delira com o "I'm yours" do Jason Mraz!!?? :D

Partilho convosco, Tomás e a "Chuva" aos 4 anos.

[2009/04/02]

16:10



Há dias que parecem mesmo mentira!!
Há dias que contando, ninguém acredita!!

Porém, existem de facto... e não há nada que os transforme, nem sequer em mentira piedosa.
Não sou nenhuma Santa, Deus me livre de tal (risos), já menti sim, claro. Mas não sou de facto grande adepta desse conceito e não tenho vocação para mentirosa. Mas se o rótulo de mentirosa servisse para transformar este dia em mentira - eu mentiria, e mais, vestiria o rótulo sem qualquer problema!!

... o pior, o pior mesmo é que é verdade...

Feliz dia das Mentiras, principalmente para aqueles que não fazem da sua vida uma constante Mentira...

[2009/04/01]
Posted by Picasa