Quando a cada fim de dia, devolvo a minha mente cansada ao conforto descabido do vazio, quando atiro este corpo que me transporta para o inusitado calor daquele tapete, e me inundo das lembranças do futuro, rolam as minhas lágrimas livres, felizes. Fito a composição de velas que sempre gosto de ter, que me aconchegam, quase me acarinham, como se se tratasse de uma lareira onde quase posso ouvir o delicioso som do crepitar da madeira. Ardem-me os olhos, tal e qual o lume, a brasa, poderiam fazer arder, e no fundo, apenas uma vela acesa, no meio de tantas, no ar, o aroma quente da canela...
É aquela chama, acendo uma única vela, que no escuro onde me encontro, me convida para uma dança. Nas paredes, bailam os contornos do seu ondular, e na minha mente, ausentam-se os dramas, as consciências, tomam conta as loucuras, as essências...
No peito nasce um ardor, o corpo vira sedutor, a música, sempre presente em mim, compõe a banda sonora deste momento intimista comigo própria, sinto o abandono que o cálice de Porto ajuda a concretizar. Num delírio, toma posse o sorriso, o brilho no olhar, a dança sensual, e aquela chama, que comigo dança e que me tira do lugar.
Excita-me o erotismo da chama que me envolve a alma e me embala na solidão desta dança. Sinto-me embriagada de sensações, de suaves recordações, enquanto o meu corpo se desnuda, os movimentos se aveludam, e eu já não consigo mais parar.
Tocam-me os dedos do desejo,  chego-me dentro de mim, percorro-me como um caminho sem fim, onde às cegas me sei encontrar. E por fim, no espaço esgotado de mim, no último suspiro de prazer, é a ti, que vejo em frente de mim, projectado pela chama daquela única vela, com aroma de canela.
Encontrei-te: És-chama-em-mim!

Escrito para: Fábrica de Histórias

[2011/01/27]

Posted by Picasa

12 Responses to "Chama [Palavras para uma imagem]"

  1. Ametista Says:

    Olá, Natacha
    A luz das velas faz bem à alma e inspira-nos..
    Simplesmente lindo..

    Um beijinho

  2. Natacha Says:

    Muito obrigada Ametista, vindo de uma pessoa que escreve como tu escreves, é um grande elogio, obrigada mesmo!

    Beijinho

  3. Ónix Says:

    Belas as tuas palavras... as velas inspiram mesmo.
    Beijinhos

  4. Natacha Says:

    Olá Ónix :)

    Como é bom ver aqui no meu cantinho tanta pedra preciosa junta :) Obrigada pela tua presença que engrandece o meu espaço, e pelas palavras na tatuagem que deixas :) Muito obrigada!

    Um beijinho

  5. Cláudio Says:

    Um dia hei-de escrever assim!
    Brilhante, e não é só da luz das velas! : )

  6. Natacha Says:

    Olá Cláudio!

    Obrigada pelas tuas simpáticas,porém exageradas, palavras :)

    Um beijinho para ti

  7. pinguim Says:

    Brilhante, como é hábito em ti, principalmente quando o tema é o Amor.

  8. Natacha Says:

    Meu Amigo Pinguim... já me acompanhas há tanto tempo!! Agradeço do fundo do coração a tua presença e as tuas palavras.

    Muito obrigada! Um Beijinho...

  9. SDaVeiga Says:

    Muito bonito e envolvente Natacha.
    Parabéns!
    Boa semana e boa escrita.

  10. Natacha Says:

    SDaVeiga

    Muito Obrigada!! Continuação de boa semana e boa escrita :)

    Um beijinho

  11. Dina Vieira Says:

    Gostei muito do texto,super envolvente.Os meus Parabéns e obrigada por partilhares o dom da tua escrita.

  12. Natacha Says:

    Dina,

    Sou eu quem tem a agradecer, acredita!

Enviar um comentário