22:34




Mafalda Veiga - Largar mais

Todos os anos terminam invariavelmente em fogos, sejam de artíficio, sejam meras palavras luminescentes que acordam todas as vozes interiores que me habitam. Já não existem lugares seguros ou redes debaixo dos trapézios, e o oiro do incêndio propaga-se pelo meu Ser como um rastilho de genuinidade que me acorda para todos os flashes incandescendes de vida.

Todos os anos terminam invariavelmente em determinações, como por magia passamos a saber exactamente o que queremos, depois de um ano inteiro a patinar entre medos, palavras, acções, silêncios, omissões e outras tantas incongruências de percurso. Cada passa é um passo no sentido de uma nova concretização, cada grito de alegria é um sopro a todos os fantasmas que teimam em perseguir-nos e que agora, repentinamente, parecem temer toda a energia que nos salta dos olhos.

Todos os anos terminam. Tudo termina invariavelmente. Porém, cada fim pressupõe sempre um novo começo, um renascer. Cada promessa pode vir a não ser cumprida, cada objectivo a que nos propusemos pode até não ser alcançado, mas ainda assim existe um renascer invísivel na fracção de segundo em que um ano muda, é um breve momento, um suspiro, um piscar de olhos, mas já tudo mudou mesmo se não o percebemos na altura.

Não sou certamente a mesma e digo-o com regozijo, porque cada etapa é mais um crescimento, cada adversidade é mais um pedra do meu castelo, cada cedência, cada aceitação é mais uma batalha vencida no meu crescimento interior e o silêncio que aprendi a viver é mais um motivo para me orgulhar e para erguer a cabeça e dizer: Eu consigo!

Faço questão de me prostar no chão e de investir em lágrimas a cada regresso a casa sozinha nos primeiros minutos do Ano Novo. Mas não é tristeza, não é autocomiseração. Antes é o purgar do que me faz mal, é deitar fora tudo o que é negativo e me consome a alma. No minuto seguinte, renasço em força para enfrentar o que for do novo ano, e nesse novo ano há uma coisa de que eu faço questão: manter junto de mim todas as pessoas que amo e que me amam, retirar o melhor de cada momento e rodear-me de cores e sorrisos nos momentos mais tristes.

UM BOM ANO NOVO A TODOS/AS


[2012/01/01]
Posted by Picasa

10 Responses to "Renascer"

  1. Closet Says:

    ao ler-te lembrei-me desta frase que adoro "she saw every ending as a new begginig" e sorri :)
    Eu sou a louca das passas (como sabes!!) e gosto de pedir os desejos mais insanos, exactamente porque... não acredito que a viragem de um ano mude realmente algo! Somos nós que temos de mudar e a qualquer altura se assim o quisermos e conseguirmos, como tu bem sabes, mudamos a cada etapa, a cada adversidade, a cada cedência...
    Bonito texto amiga, as lágrimas lavam a alma e as cores dos sorrisos de quem amamos aquecem-nos o coração :) beijinhos e mais uma vez BOM ANO!

  2. Ivete Says:

    Lindo, Natacha! E que possamos renascer, não só no ano novo que se inicia, mas a cada novo dia. Que no fim de cada dia possamos de fato abençõar e regozijarmo-nos por mais um dia vivido e reviver a esperança do amanhecer para a manhã seguinte. Que não esperemos 365 dias para comemorar, mas que o façamos todos os dias, ainda que não seja com fogos, roupas brancas e grandes festejos.
    Beijos

  3. Haydee Cerantola Says:

    Feliz 2012...!
    Te Desejo Paz...!
    Paz para poder ver.
    Paz para poder perceber.
    Paz para poder agradecer.
    Paz para poder sentir.
    Paz para poder discernir.
    Paz para poder decidir.
    Paz para poder ouvir.
    Paz para poder perdoar.
    Paz para poder se cuidar.
    Paz para poder amar.
    Paz para poder ter Paz.

    “A Paz é contagiosa”!
    (Haydee Cerantola)

    "Alma Exposta"
    Para Românticos Incorrigíveis
    http://haydeecerantola.blogspot.com

  4. pinguim Says:

    Bom Ano para ti.

  5. Natacha Says:

    Sónia ;) Sei sim, da tua loucura das passas :D Não é por ser a viragem de um ano que alguma coisa muda, mas sim porque aproveito esse momento para reunir todas as forças para me reerguer, e isso faz do segundo da passagem de ano, sempre algo especial :)
    Beijo enorme e BOM ANO também, sigamos juntas nesta paixão pelas letras ;)

  6. Natacha Says:

    Ivete,

    Obrigada, minha querida. É isso mesmo!

    Beijo enorme e BOM ANO!

  7. Natacha Says:

    Haydee,

    Obrigada por tanta PAZ, é a melhor sensação do Mundo... ou quase :) desejos retribuídos :)

    BOM ANO

  8. Natacha Says:

    Pinguim,

    Obrigada, amigo. Um bom ano também para ti ;)

    Beijo

  9. Butterfly Says:

    Um ano cheiiiiiiiiiio de coisas boas para ti e parabéns pela tua linda poesia:)

    Cláudia

  10. Natacha Says:

    Obrigada, querida Cláudia :)

    Desejo precisamente o mesmo para ti e que continuemos sempre nos cruzando, por aqui e por ali ;)

    Beijo grande

Enviar um comentário