s/t @olhares.com por Jerónimo Afonso



É densa a neblina presente no meu olhar quando, absorta nos meus pensamentos, vagueio pelos lugares trágicos, dos naufrágios da minha tão intensa e avessa vida. Não são as lágrimas, sempre presentes companheiras da minha solidão, que me turvam a vista, com o seu toque suave e salgado, que me sulcam o rosto com agrado, lavando-me a alma e afundando as tristezas no mais profundo dos mares do meu Ser - a minha Alma, não! São sim as ondas daquele Mar bravio, que me salgam o corpo em abandono, e me transportam, cega na minha entrega, no vogar do seu embalo, para aquele ancoradouro de sonhos.
Por vezes, rio-me insana das ironias que o destino me traça, como as amarras de uma barcaça ancorada no cais dos sentidos onde, ao mesmo tempo, sofro o sofrimento mais doído e onde sou tão imensamente feliz.. Atribuo às marés esse facto, porque eu livremente aporto e me deixo ancorar - e ali fico - sentindo apenas o doce ondular, e esperando, como quem nunca deixa morrer a Esperança, que a próxima viagem esteja quase a começar, e quando esse momento chegar, içarei as minhas velas e recolherei a âncora e levar-te-ei ao leme, física ou espiritualmente, porque tu estás sempre comigo, como um guia que me protege, me ensina e engrandece.
Na nossa constante partilha, fazêmo-nos ancoradouro e barco, e vice-versa, como aquele abraço forte, que só quem tem alma grande sente, e só quem ama pode.

Escrito para: Fábrica de Histórias [palavras para uma imagem]

[2011/01/08]

6 Responses to "Ancoradouro..."

  1. Ametista Says:

    Olá, Natacha

    Ao ver a tua participação na Fábrica de Histórias vim até aqui e fui entrando..
    Gostei muito do teu texto.. está imensamente bem escrito..
    É acolhedor o teu cantinho.. cheira ao fresco da Primavera que tanta falta nos faz..
    Foi bom ter passado.. este é um dos lados positivos da blogosfera.. o darmo-nos a conhecer e irmos conhecendo (neste caso, no que se refere à escrita)..
    Quanto às tuas palavras.. escreves com alma.. :)

  2. Butterfly Says:

    Vim espreitar...e vou continuar a seguir-te:)))

    Beijinhos
    Magnólia

  3. Natacha Says:

    Ametista, ou Leonor :)

    Muito Obrigada pela tua tatuagem! Partilho muito da tua opinião acerca do mundo da blogosfera, é uma bonita forma de pessoas que não se conhecem, poderem criar algum tipo de laço e sem qualquer preconceito :)

    Quanto à Alma da minha escrita, também estás certa :) e sabe Deus como dói por vezes escrever com tanta Alma, mas... vale sempre a pena!

    Um beijinho e volta sempre

  4. Natacha Says:

    Butterfly, ou Cláudia ou ainda Magnólia :)

    Muito obrigada também pela passagem e pela tatuagem! Espero sim voltar a ver-te aqui mais vezes, assim como pretendo passar no teu blog para te acompanhar :)

    Um beijinho

  5. José Coelho Says:

    Antes de mais Obrigado pelas 4 musiquinhas dos Peace Makers... o Sebastião é enorme... e depois adoro este teu blog, a tua escrita é como o lema da Coca-Cola: "Primeiro estranha-se e depois entranha-se"
    Um Beijinho

  6. Natacha Says:

    Olá Zé!

    Mais uma vez te digo que não há o que agradecer, é com todo o gosto que as partilho com quem gosta, já perdi a conta aos pedidos que me foram feitos através daquele post! :)

    Quanto ao resto, muito obrigada pela tua tatuagem, e pela comparação :D

    Um beijinho

Enviar um comentário