A Torre de Babel (1563), Pieter Bruegel

Trapézio - Jorge Palma

Tristes daqueles que do alto da sua presunção julgam ter o mundo a seus pés. Vão subindo sem olhar a meios, cegos para os demais, intocáveis. Mas no fundo, na realidade, erguem castelos feitos de barro e que uma chuvada mais intensa depressa leva por terra. Pode até levar o seu tempo, mas nas construções da mais apurada engenharia, como no carácter de cada um e na forma de se relacionar com os outros, são os alicerces o ponto fundamental, a base de sustentação de um edifício, ou de uma relação. 
Humildade, palavra desconhecida de tantos e que leva tantos outros no caminho certo, embora talvez mais demorado, mais duro, mais exigente, mas tão mais compensador. Quem não conhece a humildade conhece bem o orgulho, a soberba. Querer ser bom, ou o melhor não é só por si um defeito, se houver humildade. 
Acredito por isso que tudo o que construí, e que aos olhos dos que constroem torres de Babel é nada, são os alicerces mais sólidos e não corrosíveis que a minha ingenuidade e, no entanto, perseverança, se orgulham de ter construído. Poderei não ter passado ainda dos alicerces, é verdade, mas não tenho pressa de chegar ao topo, não antes de ter aprendido a voar melhor...

Escrito para: Fábrica de Histórias

[2012/04/29]

4 Responses to "A Torre de Babel"

  1. Ametista Says:

    A tua história retrata a verdade do fundo do ser humano em geral. Um fundo sem profundeza nenhuma, afinal..
    Não mais que a ganância e a hipocrisia que abunda neste nosso mundo cão. Mas ainda há os que têm integridade (somos nós!)
    Adorei. Escreves de uma forma única e estonteante..

    Um grande beijinho :)

  2. Natacha Says:

    Querida Leonor...

    Sem palavras para agradecer a tua simpatia :) Ando meio desinspirada, na verdade, mas o que somos, está sempre cá :)

    Beijo enorme, assim que possível passo para te ler ;)

  3. Butterfly Says:

    Fossem todos como tu:***

    Cláudia

  4. Natacha Says:

    Querida, Cláudia :)

    Um abracinho cá do fundo do coração ;)

    Beijinhos

Enviar um comentário