22:57


Coldplay - Hunting High and Low

Este é o centro do meu Universo.

Enquanto grande parte das pessoas se centra em si própria, eu levo a centrar-me aqui. É num lugar como este que se aprende a relativizar, que se aprende a Amar pelo avesso, que se aprende a aceitar a individualidade do outro. O mar dá-nos tudo, o Sol aquece-nos a alma, e a areia é a prova de que quando nos unimos nos tornamos mais fortes. 

Sou uma eterna aprendiz, menina sedenta de saber e de se enriquecer com o que verdadeiramente é importante, serei assim até ser bem velhinha e se lá chegar. De que me alimento? Alimento-me das essências que emanam livres das almas que se me cruzam e sei perfeitamente filtrar as armadilhas ardilosas que se me atravessam. Encaro-as de sorriso genuíno, com a tranquilidade de quem é livre e tem pena por essas almas perdidas e espíritos tão pequenos. 

Houve um tempo em que eu achei que amar era prender alguém com amarras invisíveis e hoje sei, que amar é muito mais que isso. Amar é ser feliz com a felicidade de quem se ama. Amar é ouvir palavras difíceis de ouvir e sorrir agradecida pela verdade. Há quem nunca chegue a conhecer o Amor, o verdadeiro, e debita sobre ele com a veleidade de quem é conhecedor, são os pobres ignorantes.

Não gosto do que é superficial, mas admiro o que é simples, as duas coisas são completamente diferentes, eu diria até que a antítese uma da outra. É na simplicidade que reside a maior beleza, é na entrega que existe a maior verdade. Mas, ou se é, ou não se é, e quem não é nunca virá a ser.

Hoje sinto toda a energia que me transmite a "minha" Arrábida e estou em paz porque a verdade sempre me trouxe uma enorme Paz.

Obrigada, meu Amor... por seres quem és para mim...

[201/02/03]


4 Responses to "Meu centro"

  1. Rita Says:

    A verdade, sempre! Porém, a tempo e horas sem ser precedida pela mentira. Ser feliz com a felicidade dos outros, sempre! Porém, sem nunca descurar o amor próprio. A felicidade tem de ser, genuinamente, tua.

  2. ónix Says:

    Revejo-me em certas partes deste teu post maravilhoso.
    Grande abraço

  3. Natacha Says:

    Minha Amiga! :) que bom ver-te aqui ;)

    Palavras sábias as tuas, aliás, como sempre ;). Continua a ensinar-me e não desistas de mim... quem sabe um dia eu aprendo ;)

    Beijo grande

  4. Natacha Says:

    Obrigada, querida Ónix...

    ... tento crescer sempre mais um pouco, ainda que internamente, quando me permito estes "desabafos"...

    beijinhos

Enviar um comentário