23:25




Sara Tavares - Um ponto de luz


Hoje gritam-me todas as paredes da minha vida, as reais e as erguidas.
O espelho reflecte os teus contornos acariciando a minha face. És tu, ali.
Quando me olho volto a encontrar-te em mim, talvez porque as lágrimas choraram de novo a saudade.
Ou talvez porque a pele voltou a ouvir a tua voz que me envolveu num aconchego quente. Lá fora está frio.
Não são as lâmpadas, inexistentes agora, que me dão calor.
Aquecem-me as lembranças e as luzes que piscam na árvore de Natal.
Aquecem-me as músicas que volto a cantar e as notas que se soltam das tuas mãos.
Pensas em mim? O teu pensamento também me aquece.
Quisera me aquecessem as tuas palavras, a tua pele, as tuas mãos,
as tuas gargalhadas, as tuas histórias, a tua essência...
O tapete vermelho despido do teu corpo não é nada, não é sequer loucura já.
Sufoca-me a loucura que contenho nos gritos que não grito,
e sufoca-me o silêncio que transcende a minha existência.
Hoje, sorri de novo por nos lembrar, foi verdade, tudo foi verdade, só posso sorrir.
Fechei os olhos e vi todos os sonhos acordados dentro de mim.
Abri os olhos e senti que não sei viver sem ti,
mas que vou viver por ti e vou viver por mim.
Guarda-me nesse lugar, não digas nada,
mas guarda-me onde fomos mais intensamente um do outro...

tu sabes onde... Amo.te


"É errado pensar que o amor vem do companheirismo de longo tempo ou do cortejo perseverante. O amor é filho da afinidade espiritual e a menos que esta afinidade seja criada em um instante, ela não será criada em anos, ou mesmo em gerações."
Khalil Gibran

[2011/12/13]

Posted by Picasa

6 Responses to "De nós..."

  1. Ametista Says:

    Belo, comovente..
    Adorei os teus sentidos mais profundos, pura e simplesmente..

    Um abraço :)

  2. Natacha Says:

    Bem, este foi um daqueles posts que parece ter arrancado um pouco de mim... avassalador... mas o que não nos mata torna-nos mais fortes! ;)

    Obrigada pelo carinho de sempre :)

    Beijo

  3. Magnolia Says:

    São bonitas...as palavras..e as estrelas..
    E então boas festas Nat
    Beijo

  4. Closet Says:

    Querida Natacha, GRITA! Ás vezes é mesmo assim, é preciso gritar para depois apreciar o silêncio do caminho à nossa frente.
    Mesmo que seja daqueles posts tristes, doridos, íntimos, obrigada por partilhares connosco :) um beijinho

  5. Natacha Says:

    Mag,

    bonito é ter-te por aqui :)

    Obrigada e umas Festas Felizes para ti, beijo grande.

  6. Natacha Says:

    Querida Sónia,

    às vezes grito sim, noutras o grito emudece, mas o peito está sempre escancarado, venha o que vier, eu estou aqui para receber...

    Venha o futuro, embrulhado de sonhos e experiências intensas.

    beijos, obrigada por também me ouvires :)

Enviar um comentário