Não quero escrever, não sei! Apenas dizer...

... a quem encontrar o pedaço que está em falta, por favor...

Devolva-me!

[2011/07/02]
Posted by Picasa

14 Responses to "Paradeiro desconhecido"

  1. Magnolia Says:

    Ás vezes somos um puzle... mas faltam-nos peças
    Beijo Nat
    Bom fim de semana

  2. ps: eu Says:

    Como eu escrevi no meu conto «(...)junto as peças de um puzzle e vejo que falta sempre uma, que nem todas encaixam como parecem à vista desarmada, mesmo as mais perfeitas»,acho que temos de andar sempre nesta busca!
    Beijinhos

  3. Anso Says:

    Quem me dera te-la...
    E se tevesse não ousaria te dar, para tornar a busca eterna... pois toda falta se torna razões.

  4. Natacha Says:

    É isso mesmo Mag!

    Um grande beijinho

  5. Natacha Says:

    Sónia :)
    ... "mesmo as mais perfeitas" tal e qual...

    Beijo grande

  6. Natacha Says:

    Anso :)

    ... também tens razão, a procura é mais uma razão para continuar. Pior é quando se pensa que se encontrou, mas...

    beijo para esse lado do Oceano ;)

  7. Ivete Says:

    Acho que por mais que encontremos as peças, nunca estamos completos... Ou será que sim?

  8. Natacha Says:

    Querida Ivete, já achei que sim, já achei que não e no momento decidi não achar absolutamente mais nada...

    Penso que seja aquela fase em que "quando achamos que sabemos todas as respostas, vem a vida e muda todas as perguntas"...

    Um beijinho grande...

  9. pinguim Says:

    Que se passa?

  10. Natacha Says:

    Tudo e nada, Pinguim...

    Estou apenas a dar um tempo a mim mesma :) Voltarei...

    Um beijo

  11. ónix Says:

    Adorei...tu própria encontrarás esse pedaço.
    Bjus

  12. Natacha Says:

    Querida Ónix...

    Encontrarei um dia, claro que sim :)

    Beijo grande e obrigada :)

  13. Ametista Says:

    Vazio..?
    Espero que encontres depressa algo que consiga preenchê-lo.. E vais encontrar, tenho a certeza.
    Fica bem, tá?

    Beijinho enorme :)

  14. Natacha Says:

    Querida Leonor, vou ficar bem sem dúvida. tenho o defeito enorme de transformar a imensa tristeza da dor na memória alegre dos sorrisos. leva é o seu tempo :)

    Um beijo enorme para ti, obrigada por estares aí, pelo apoio. É muito importante...

Enviar um comentário