Deixas em mim tanto de ti - Pedro Abrunhosa


Não é só carne, desejo ou necessidade,
não é só capricho, muito menos é só sexo,
é sim o encaixe mais que perfeito,
do côncavo e do convexo.
É tanta alma que se derrama,
na voluptuosidade dos movimentos,
tanta paixão que acende a chama,
onde ardemos nestes momentos.
Entrega, mais que isso, doação,
sou tua, em toda a minha expressão,
hoje numa felicidade tão pura,
que não se explica, é tão profunda,
pela confiança que depositas em mim,
a prova maior de um verdadeiro amor,
pela partilha, por sermos um só,
por comungarmos da mesma dor.
Por me despires dessa forma tão própria,
das minhas inibições, dos meus receios,
juntares a tua alma à minha,
e me ofertares o teu coração, sem rodeios

De uma tal forma que eu te prometo,
cuidarei para todo o sempre dele...

...bem dentro do meu peito

[2011/03/04]
Posted by Picasa

11 Responses to "Côncavo e convexo"

  1. A. Says:

    que bom sentir-te assim tão feliz.:)))
    estás a escrever cada vez melhor!
    "...é sim o encaixe mais que perfeito,do côncavo e do convexo...".ah,pois é!:)
    beijinho

  2. A. Says:

    a foto também foi muito bem escolhida!

  3. pinguim Says:

    O erotismo do amor pode ser muito belo.

  4. Natacha Says:

    Obrigada, mais uma vez Ana! Estou feliz sim! :)

    Sobretudo, escrever é para mim um prazer enorme, partilhar é outro grande prazer, ter quem goste do que fazemos não tem sequer explicação, por isso muito obrigada, mesmo!

    Um beijinho

  5. Natacha Says:

    Belo e imensamente sedutor :)

    Um beijinho, Pinguim

  6. Butterfly Says:

    Que lindo poema Natacha!! :))

    Bom fim-de-semana!

    Um beijinho

  7. Natacha Says:

    Obrigada, Cláudia!!

    Senti a falta da tua alma gémea ;)

    Beijinhos

  8. Cláudio Says:

    Não me ocorre dizer mais nada senão que é muito bonita a tua forma de sentir e descrever o Amor…

  9. Natacha Says:

    Obrigada, Cláudio!

    Acho que o Amor deve ser assim, entrega, doação... de que vale amar se nos reservarmos!? Onde estou tenho de estar inteira :)

    Claro que estou a falar de Amor e não de relações amorosas, namoros ou amizades coloridas, onde muitas vezes não existe Amor na sua verdadeira acepção... mas estou muito a falar de amizades verdadeiras e de relações verdadeiras...

    Beijinho para ti, obrigada por continuares a tatuar-me :)

  10. Pedro Alves Says:

    A tua poesia faz-me lembrar a minha... interessante conhecer poesia que eu considero "a sério". Sem pretensões, pura expressão do coração. Gostei mesmo. Escreve sempre...

  11. Natacha Says:

    Tal e qual Pedro, este meu espaço, bem como a minha escrita é completamente despretensioso. O que escrevo nasce quando coloco a caneta nas mãos da minha Alma, e a partir daí é por conta dela ;)

    Vou sempre continuar a escrever, é das poucas certezas que trago comigo.
    Obrigada, mais uma vez...

Enviar um comentário