02:10


Naquele momento doloroso e intenso, em que no teu olhar vivia o desespero, respirei fundo.
Abri o meu coração para te ouvir, também para ouvir e sobretudo para entender é necessário o coração! Perante o teu compasso de espera, retirei o meu coração do lado esquerdo do meu peito e depositei-o nas tuas mãos. Carinhosamente, peguei no teu coração magoado e guardei-o onde antes tinha o meu próprio, procurando transmitir-lhe toda a energia, que sinceramente não sei de onde provinha, toda a força e coragem, e sobretudo todo este amor que me sai por todos os poros bem do fundo do meu Ser.
Estava tudo pronto para te poder receber em palavras doídas, sofridas, e sofri contigo todo esse teu sofrimento e mágoa, enquanto dentro do meu peito batia o teu coração em compasso, e se encolhia num lamento derramando lágrimas de sangue, de dor e amor.
Foi duro, não mais para mim que para ti, doeu-me a tua dor como sei que doeu em ti a minha dor. Porém a confiança de alguém que amamos e que se entrega sem reservas, serve-nos de consolo. Abraços foram trocados, confortaste-me, aninhaste-te no meu colo buscando o conforto e aconchego que eu tanto te queria dar... e dei... o amor que encontraste neste meu Ser, tão estranho por vezes, estará sempre aqui neste mesmo lugar, onde só tu sabes como chegar.
Naquele momento doloroso e intenso, amei-te mais que em qualquer outro momento.
Quando te senti mais forte de novo, devolvi o teu coração ao teu peito, e da mesma forma recuperei o meu para aquele lugar de sempre, sempre dificíl, sempre doído, mas sempre tão intenso e cheio de amor. O olhar, o encontro de almas, mais abraços e a despedida era mais uma vez inevitável...
Partiste, hoje mais triste mas também mais TU e mais crescido, mais consciente e mais amado. Estamos a crescer juntos neste reencontro tão esperado. Tu partiste e eu fiquei em pedaços, pedaços de mim e de ti misturados e que uma vez recolhidos e bem tratados se transformam nesta essência tão mágica, única e intensa a que chamamos de "o nosso amor" ... eternamente... rumo a uma Felicidade maior...

(fruto da insónia)

[2010/10/10]

Posted by Picasa

4 Responses to "The story"

  1. Magnolia Says:

    .... Nessa mão onde perfeito o meu coração cabia....
    Beijo Nat

  2. Natacha Says:

    Sem dúvida, a medida exacta...

    beijo, Mag :)

  3. pinguim Says:

    Só fruto da insónia????

  4. Natacha Says:

    Não só, mas para ter saído desta forma que saíu, sim, é por ser fruto da insónia :)

    beijo

Enviar um comentário